sexta-feira, 25 de março de 2011

Camembert irresistível

Quem já conversou comigo sobre comida certamente ouviu o bordão: “sou uma mineira clichê, tarada por queijos“. Se eu vejo um cardápio com a foto de uma casquinha gratinada, ou aquele derretido, escorrendo de lado, não adianta olhar mais nada. Mas meu fraco maior é o tipo que derrete dentro da boca, formando um creme quando mastigo. Putz!

Desde a semana passada, estou firme na dieta pra me livrar dos pneuzinhos adquiridos desde a lua de mel. E uma consequencia engraçada do meu foco pra me manter na linha foi uma dificuldade para escrever aqui no blog. Inconscientemente, meu cérebro estava me protegendo, eu acho. hehehe Isso que é amigo!

Então, a gula anda bem contida, mas daí a resistir a um queijo, são outros quinhentos. Eu não comi o sacana, mas não paro de pensar nele. O camembert... Achei uma receita do Jamie Oliver, que ele vai ao forno até virar um creme no miolo, com alho e alecrim por cima, e depois vc mergulha uma torrada nele. Jesus... se eu pensar ou falar nessa receita mil vezes, salivo mil vezes.

E, além dele, me inscrevi num curso sobre diferentes tipos de queijo, principais países produtores, etc. Eu procuro esse curso há aaaanos. Então, foi a semana temática queijeira! Em honra a isso e pra exorcizar o camembert assado, tudo virou post de blog. Assim vale?

A receita está logo abaixo, mas já comecei meu dever de casa pro curso e vou dividir algumas informações sobre o camembert, que é um dos tipos mais copiados do mundo. O original é produzido na Normandia, Noroeste da França, e patenteado e controlado pela AOC (Appellation d’Origine Contrôlée). Por isso, a gente compra aqui no Brasil muitos queijos “tipo“ Camembert. Tem que vir escrito assim na embalagem, por causa da patente.

O Camembert de verdade é artesanal e tem massa crua. Consequentemente, não é pasteurizado, o que a Vigilância Sanitária de muitos países proíbe. Ele é mole, pero no mucho, e tem uma casca coberta por mofo branco.

Para saber escolher na hora de comprar, temos que observar se ele está macio, mas não mole demais. É bom apertar no meio, não pode estar duro, nem molengão. É importante olhar se a casca está branquinha, sem pontos escuros ou esverdeados. Ela pode estar um pouco amarelada, principalmente nas bordas, que não tem problema. E também sentir se o cheiro é semelhante ao de amêndoas (se tiver cheio de amônia é porque o queijo é velho). Das marcas nacionais, eu gosto muito da Serrabella e Campo Lindo.

Para degustar e servir em condições ideais, tem-se que tirar o Camembert da geladeira, pelo menos, uma hora antes de comer, pra temperatura e cremosidade ideais. Na hora de cortar, é bom aproveitar sempre o meio dele, onde a umidade e textura são mais preservadas. Pra isso, sempre corte o queijo ao meio e se sirva primeiro das proximidades de onde cortou. Se ele tiver cortado há mais tempo, vale descartar as partes ressecadas.

Camembert ao forno do Jamie Oliver

Ingredientes
1 queijo camembert de 250g
1 dente de alho fatiado bem fino
1 ramo de alecrim
Azeite
Meia xícara de cranberries desidratadas picadas e castanhas variadas (como cranberries são difíceis por aqui, sugiro damasco, que é azedinho também)
Torradas frescas
Preparo: Pré-aqueça o forno a 180 ºC. Faça um círculo no topo do queijo, deixando 0,5 cm de beirada, e tirando uma fatia fina do tampo da casca. Se o queijo vier em uma caixinha, mantenha-o lá dentro para cortar, facilita bem. Salpique as fatias finas de alho e folhas de alecrim sobre o queijo, finalizando com um fio de azeite. À parte, salpique fatias de pão com azeite, alecrim e uma pitada de sal. Leve ao forno quente junto com o queijo, por 15 a 20 minutos. Quando o pão estiver dourado e o queijo, cremoso no meio, coloque-os em uma tábua, polvilhando as frutas desidratadas e castanhas picadas sobre o queijo, ou deixando-as em um recipiente à parte.
Redimento: 6 porções

5 comentários:

  1. Nossa, também fiquei com água na boca...

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Lu! Eu aqui na Índia sofrendo com a comida e vc falando do meu queijo predileto... Estou já sonhando com o retorno a Paris!!!

    ResponderExcluir
  3. Ficou gostoso... mesmo errando algumas coisas e esquecendo outras ^^

    https://youtu.be/iUFPcFayu_A

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe que bom, ótimo sinal em relação à receita

      Excluir
    2. Vi depois o video, muito obrigada pelo crédito!

      Excluir